Transtorno Psicótico

Caracteriza-se por um ou mais Episódios Depressivos Maiores, acompanhado por pelo menos um Episódio Hipomaníaco.

O Transtorno Bipolar faz parte dos quadros de depressão, mas por suas características tão intensas é conhecido por “crise de exageros”. Tem períodos que o portador do transtorno bipolar passa o dia na cama, não come direito, se deixar nem toma banho, sem animo para nada. Em outros momentos o bipolar se transforma, fica falante, expansivo, se acha onipotente e podendo tudo, a auto-estima vai para as alturas, pula de um assunto pra outro numa rapidez que não dá tempo pra executar nada. Nessa fase a pessoa até se sente com muita energia, mas não realiza muita coisa pois não tem concentração. É agitada, isso não o deixa fazer muita coisa.
Ou seja, numa fase não faz muita coisa porque está apático, noutra fase também não por estar agitado demais.
Transtornos psicóticos são aqueles que envolvem perda do contato com a realidade. Uma pessoa com transtorno psicótico pode experenciar alucinações e expressar pensamentos desorganizados ou bizarros.
O DSM-IV atualmente distingue em algumas categorias específicas:

  • Transtorno Psicótico Breve
  • Transtorno Psicótico Compartilhado
  • Transtorno Psicótico devido a uma condição médica geral
  • Transtorno Psicótico sem outra especificação

Importante salientar que a esquizofrenia enquadra-se neste Transtorno.